• Agende uma consulta

    Para agendar uma consulta para o tratamento que tem interesse, preencha os campos abaixo com seus dados e aguarde o contato e a confirmação da data.

  • Nós ligamos para você

    Caso prefira o atendimento telefônico, nós ligamos para você. Para receber um telefonema de nossos atendentes, preencha os campos abaixo com...

    Caso prefira o atendimento telefônico, nós ligamos para você.
    Para receber um telefonema de nossos atendentes, insira seu telefone e aguarde o contato.

    • 16/01/2015

    Altos níveis de colesterol podem dificultar gravidez

     Altos níveis de colesterol podem reduzir a fertilidade de uma pessoa, de acordo com um estudo publicado nesta terça-feira no periódico The Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism(JCEM).

    A pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Saúde, Universidade de Buffalo e Universidade Emory, nos Estados Unidos, constatou que mulheres demoram mais para engravidar se elas ou os maridos têm colesterol alto. "Nossos resultados sugerem que quem deseja ter um filho precisa ter um nível de colesterol aceitável", diz Enrique Schisterman, coautor da pesquisa.

    Participaram do estudo 501 casais que tentavam engravidar sem tratamento, de 2005 a 2009. Todos faziam parte de um estudo que examinava a relação entre fertilidade e exposição a produtos químicos e estilo de vida. As mulheres tinham de 18 a 44 anos, e os homens, mais de 18 anos. Os participantes foram acompanhados até a gravidez ou um ano de tentativa.

    A partir de amostras de sangue retiradas dos voluntários, os pesquisadores mediram o nível de colesterol livre, sem diferenciá-lo por frações como HDL e LDL, popularmente como colesterol "bom" e "ruim", respectivamente. A tese dos pesquisadores é de que o colesterol está relacionado à fertilidade por ser utilizado na produção de hormônios sexuais, como a testosterona e o estrogênio.

    Os pesquisadores constataram que os casais que não conseguiam engravidar durante o estudo apresentavam as maiores concentrações. "O alto nível de colesterol não só aumenta os riscos de doenças cardiovasculares, como reduz as chances de um casal engravidar", diz Schisterman.

    Fonte: Notícias Uol